Windows Vista x Windows 7

qui, 13 novembro, 2008 at 6:03 pm Deixe um comentário

Por Aurélio “Baboo” Minerbo, no Baboo
06/11/08

Nesta semana está ocorrendo em Los Angeles o WinHEC, um evento da Microsoft destinado a desenvolvedores de hardware.

Uma das principais apresentações do evento foi realizada por Steven Sinofsky (responsável pelo desenvolvimento do Windows 7) e Jon DeVaan (vice-presidente da divisão do Windows Core). Durante a palestra, que durou pouco mais de uma hora, eles mostraram diversas comparações e testes de performance entre o Windows Vista e o Windows 7.

O vídeo com a apresentação pode ser assistido aqui, mas eu reuni abaixo as principais informações para você, e aonde essa informação aparece no vídeo (12:30 indica 12 minutos e 30 segundos do início do vídeo). Com isso, você pode assistir somente os trechos que te interessam.

12:30  A Telemetria, que é baseada no envio de informações no travamento do Windows p/ a Microsoft toda vez que há algum travamento, mostra que o Service Pack 1 do Windows Vista diminui muito os travamentos de drivers e programas:


Queda nos travementos (linha pontilhada) com o SP1 do Vista

14:45 O Boot Drag Race mostrou que durante a inicialização, o Windows 7 carrega menos serviços, além de carregá-los mais rápido do que no Windows Vista. Ele também lê menos o disco rígido, e com isso o Windows 7 carrega muito mais rápido do que Vista. Também foi mostrado um script que carrega diversos programas, abrindo 70 janelas, e nele o Win7 carregou muito mais rápido do que o Vista:


Windows Vista x Windows 7: quem boota mais rápido ?

16:00 Em comparação com o Windows Vista, o Windows 7 utiliza pouquíssima memória ao abrir 50 janelas. Além de consumir muita memória, o Vista desabilitou o Aero Glass por causa disso. O Windows 7 também utiliza a GPU (processador da placa de vídeo) e a memória RAM da placa de vídeo, agilizando muito o carregamento de janelas e tarefas gráficas. Além disso, o Windows 7 permite que muitas funções sejam executadas em paralelo, aumentando muito a velocidade de carregamento e execução dos programas.


Windows Vista abriu as 50 janelas, mas desabilitou o Aero Glass e gerou mensagem 
de falta de memória para executar a ação. O Windows 7 abriu as janelas tranquilamente.


No Windows Vista, quanto mais janelas abertas, mais memória é consumida. 
O Windows 7 mantém o consumo de memória constante

17:57 Exemplo da velocidade do Direct2D no Windows 7, que utiliza novas APIs que permitem o uso da GPU. Em uma demonstração com 100 elementos gráficos, a aplicação rodou com 40 fps (quadros por segundo) com GDI sem antialising, e apenas 12 fps com GDI+ (antialising). Ao utilizar a aceleração por hardware, padrão no Windows 7, a aplicação rodou 65 fps com antialising, ou seja, 50% mais rápido do que as aplicações atuais rodando sem antialising:


Windows 7: 5x mais rápido do que o Windows Vista em aplicações com antialising
 

19:20 O consumo de bateria no Windows 7 é muito menor do que no Windows Vista. Em um exemplo simples na reprodução de um DVD, a bateria dura uma hora a mais no Windows 7 em comparação com o Windows Vista. Em testes internos da Microsoft, o notebook que teve o menor ganho com o Windows 7 teve 20 minutos a mais de bateria em comparação com o Vista.


Windows 7 consome menos bateria do que o Vista
 


Exemplo de consumo de energia entre os dois sistemas operacionais 
durante a reprodução de um DVD 
 

20:50 Foi mostrado um gráfico de uso da CPU durante a reprodução de um DVD: o Win7 consumiu 20% menos (12,6% x 15,3%) em relação ao Vista, e o uso do processador gráfico (GPU) também foi menor. Isso resulta em consumo menor de bateria, além do Windows rodar mais rápido por ter mais poder de processamento.


Windows 7: consumo menor de CPU e GPU
 

22:22 O Power Efficiency Diagnostics Report gera um relatório com erros e problemas de configuração na conservação de energia, como por exemplo uma política de grupo que obriga o usuário a rodar o notebook com o máximo de velocidade (fazendo com que gaste mais energia), ou periféricos USB com problemas de suspensão de uso quando o notebook entra em status de conservação de energia:


Relatório completo para ajudar a diagnosticar problemas com consumo de energia
 

26:46 O assunto foi shutdown (desligamento do Windows). Com o Windows 7, o shutdown é muito mais rápido mesmo com serviços que demoram para desligar


Gráfico mostrando o processo de desligamento do Windows em um notebook
 


O Windows 7 desliga muito mais rápido do que o Windows Vista
 

32:30 A adoção do Windows 64-bits está crescendo muito devido ao baixo preço da memória RAM. Além disso, as lojas querem vender mais memória RAM (aumentando seus lucros), e preferem a versão 64-bits, que não tem a limitação de 4GB RAM existente na versão 32-bits. Nos EUA, as vendas de computadores com Windows 64-bits representam hoje 25% do total.


Windows 64-bits em crescimento
 

45:40 Periféricos no Windows 7. O gerenciamento de periféricos e impressoras será muito mais fácil, pois o Windows 7 utiliza uma nova central para isso: Devices e Printers, que mostra imagens reais dos periféricos instalados. Com pendrives, por exemplo, não haverá mais o “problema das letras”, que ocorre quando você utiliza mais de um pendrive: o Windows associa um drive [K:, L: ou outra] e você não sabe qual drive representa cada pendrive.


O Windows 7 mostra a imagem correta dos periféricos instalados, 
mesmo se for um simples mouse


Com pendrives, tudo ficou mais fácil, pois a imagem deles aparece na tela.
 

47:35 Ao conectar uma webcam Logitech, o uso é imediato:


Windows 7: imagens reais de cada periférico
 

48:55 Teclado Bluetooth. Como o Win7 suporta nativamente periféricos que tenham padrão Bluetooth 2.1, o funcionamento é simples e rápido.


Bluetooth: integração rápida no Windows 7
 

51:20 Conexão com uma impressora multifuncional da Epson. O Device Stage permite mostrar todas as funções da impressora, com links e serviços. Ele será uma “central” de acesso ao periférico, evitando que cada periférico abra a sua própria janela, atrapalhando o usuário.


Epson: gerenciamento da impressora através do Device Stage
 


O Device Stage centralizará as funções de todos os periféricos’, permitindo que o usuário
acesse todas as funções dele. E o funcionamento dele é bastante simples, pois utiliza
um arquivo XML fornecido pela empresa que desenvolveu o periférico. Com isso, 
cada periférico poderá ter funções e links próprios. 

53:10 Conexão com Nokia N95. O Device Stage abre uma janela com foto do produto, incluindo diversos links e informações externas ( download de arquivos, games, manual ..). Tudo isso vem de um arquivo XML fornecido pela Nokia. Não há necessidade de novos drivers nem de upgrade de firmware. Centenas de MP3 e MP4 podem se beneficiar com isso, pois permitem que o usuário conheça funções que são desconhecidas para eles.


Nokia N95: integração total com o Windows 7, sem necessidade 
de upgrade de driver ou firmware

54:10 Integração de um porta-retrato eletrônico Wi-Fi com o Windows 7, aonde ele criou uma “rede segura” entre o computador, o porta-retrato e a rede local dele. Com isso, ele consegue enviar para o porta-retrato as imagens que ele quer que apareça ali, além de poder controlá-lo à distância com o Windows 7. Hoje em dia muitos não compram a versão WiFi por acharem o seu uso “complicado”.


Uso de porta-retrato eletrônico Wi-Fi: muito simples no Windows 7
 

58:04 Exemplo do Windows 7 tocando música em caixa de som de outro computador da rede local. Isso é possível através do Home Group, uma novidade nesse sistema operacional.


Quer tocar uma música no seu computador, mas ouvi-la nas caixas de som de outro
computador da sua redeou periférico ligado no Windows 7 ? Sem problemas..
 

 

1:01:00 Uso do netbook Asus Eee 1GB, apenas 16GB SSD, Atom 1,6Ghz com Windows 7. A detecção do monitor externo foi automático (algo que é possível fazer antes mesmo de logar no Windows). O palestrante tirou uma foto com uma câmera digital e usou o Windows 7 para importá-la. Depois ele conectou-se à web via modem USB da AT&T (que foi instalado ali mesmo, na frente de todos) e fez upload da imagem para o site Flickr. Tudo isso de maneira rápida e fácil. Detalhe: o Windows 7 tem uma novo stack para conexão wireless em dispositivos móveis, otimizando a detecção e uso de redes em fio.


Netbook com 1GB de memórira RAM e disco de 16GB roda tranquilamente o Windows 7


Detecção automática de outro monitor ou projetor no netbook
 


A importação de foto e envio online são tarefas fáceis e rápidas 
com o Windows 7 no netbook

1:04:20 Foi mostrado o Windows 7 em um super-computador para gamers (Intel Core i7 quad-processor com turbo-boost, e duas placas de vídeo GeForce 280), que é 150x mais rápido do que o netbook. Ele jogou Crysis Warhead (que exige DirecX 10) em alta definição, e informou que o Win7 poderá ser utilizado em qualquer computador: de netbooks a computadores topo-de-linha. Jon informou que o Windows 7 suportará 256 processadores.


Windows 7 rodando em um computador com processsador Intel Core i7 e 
duas placas GeForce 280: 150x mais rápido do que um netbook.


Crysis Warhead rodando sob Windows 7
 

01:07:05 Windows 7 para uso profissional de criaçao (fotografia e arte): foi mostrado ele em um notebook Sony VAIO com amelhor tela do mercado (17″ e que permite mostrar 100% da gama de cores RGB da Adobe) e um Lenovo com tablet com resolução de 1 centésimo de cm, e com espectofotômetro para calibrar as cores da tela.


Windows 7 rodando em notebooks topo-de-linha para profissionais de criação
 

01:08:50 No final do evento, Jon mostrou um sensor de luz e acelerômetro, demonstrando como o Windows 7 aproveita as novas tecnologias do mercado. Ele também mostrou o Windows 7 rodando uma aplicação touch-screen conectada a um telescópio e uma lista de empresas que estão desenvolvendo aplicações para touch-screen


Diversas empresas já estão trabalhando em produtos que vão se beneficiar
da tecnologia de touch-screen do Windows 7

 

[Baboo via VISÃO GERAL.net]

voltar

Entry filed under: Microsoft. Tags: .

Ferramenta verifica a compatibilidade de seu sistema com o novo Windows 7 Longhorn e Vista

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Techmoon in English

Categorias

Principais mensagens

Enquete

Nosso banner

Contato

Envie sua opinião sobre o blog ou mande uma dica de post. Você pode também escrever seu próprio artigo, mandar seu deskmod, ou fotografar seu setup e enviar para brunosfgoncalves@gmail.com Seu material pode ser publicado aqui no Techmoon! Mais informações em Contato

Direitos Autorais

A reprodução é permitida desde que haja presença da fonte.

%d blogueiros gostam disto: